Acerca da Arriva

A Arriva Portugal – Quem Somos

Fundada em 2000 a empresa resultou da aquisição e fusão institucional e operacional de 4 empresas de cariz familiar que operavam no Noroeste de Portugal:

 

João Carlos Soares e Filhos S.A.
Viação Costa e Lino, S.A.
Ami – Transportes, S.A.
Abílio da Costa Moreira e Companhia, S.A.

 

Considerando as empresas originais, que deram origem à Arriva Portugal, a empresa desenvolve a actividade de transporte regular de passageiros desde 1926.

A principal operação da empresa é de cariz interurbano, com cerca de 190 concessões, operando mais de 200 linhas em 16 concelhos diferentes (Guimarães, Famalicão, Braga, Fafe, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Barcelos, Santo Tirso, Trofa, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Maia, Matosinhos, Porto, Terras de Bouro e Vizela).

A ARRIVA Portugal possui ainda duas operações urbanas, detendo 100% dos TUG, operação urbana no concelho de Guimarães e 66% dos TUF, a operação em Vila Nova de Famalicão.

De referir ainda uma percentagem de 20% dos TUST – Transportes Urbanos de Santo Tirso.

O território operacional da ARRIVA cobre uma área de 2503,3 km2 dividido por duas regiões distintas:

 

  • Vale do Ave – Uma região tradicionalmente ligada à Indústria Têxtil e ao Calçado;
  • Área Metropolitana do Porto (Incluindo linha de Costa)

 

servindo uma população de aproximadamente 500.000 habitantes (uma vez que as linhas Arriva tocam apenas a Área Metropolitana do Porto, a região com maior densidade populacional).

A Arriva Portugal está sediada em Guimarães e encontra-se organizada em dois Centros Operacionais com oficinas de manutenção localizados na sua sede em Guimarães e em Famalicão.

 

 

Actualmente emprega mais de 370 pessoas, das quais cerca de 250 são motoristas e aproximadamente 60 colaboradores constituem o Pessoal de Manutenção (onde se incluem abastecedores, lavadores e pessoal dos armazéns de peças).

 

Em 2015 a Arriva Portugal percorreu mais de 11.3 milhões de quilómetros, tendo transportado cerca de 15.8 milhões de passageiros, utilizando uma frota operacional de 230 autocarros.

 

A ARRIVA PORTUGAL – TRANSPORTES, LDA. pertence ao Grupo Europeu de transportes públicos – ARRIVA PLC que por sua vez pertence ao grupo alemão Deutsche Bahn desde Agosto de 2010.

Visão, Missão e Valores

Visão

Pretendemos ser uma empresa de referencia do sector servindo as pessoas no contexto da região e gerando beneficio económico e social, minimizando o impacto ambiental.

 

Missão

É nossa missão assegurar o adequado nível de mobilidade ás populações que servimos através do serviço rodoviário de passageiros.
Somos um operador de transporte de passageiros, orientado para o cliente e comprometido com um serviço fiável de mobilidade, sustentado em proximidade, disponibilidade e segurança.

 

Valores


 

Politica de Qualidade, Ambiente e Segurança

A ARRIVA estabelece as seguintes orientações e compromissos:

• Garantir a qualidade dos seus serviços, de forma a satisfazer as necessidades e expetativas das Partes Interessadas em geral e dos seus clientes em particular;
• Desenvolver a comunicação e participação dos colaboradores no processo de melhoria contínua do sistema de gestão da Qualidade, Segurança e Ambiente;
• Prevenir e conceber o apoio necessário à prevenção e minimização das lesões, das doenças profissionais e dos incidentes no trabalho.
• Proteger as pessoas, o ambiente e a sociedade em geral, sempre que possa ser posta em causa a respetiva integridade pela atividade desenvolvida.
• Proceder à prévia identificação, avaliação e gestão dos riscos para a segurança e saúde, antes do lançamento ou alteração de instalações, atividades, serviços, equipamentos e/ou processos.
• Promover conceder o apoio necessário à prevenção da poluição, de impactes ambientais e industriais. Proteger o ambiente sempre que este possa ser afetado pela atividade desenvolvida;
• Satisfazer os compromissos de conformidade Assumidos no âmbito das atividades, serviços, aspetos ambientais, perigos e riscos laborais e industriais;
• Preparar, motivar e incentivar todos os colaboradores da empresa (próprios e terceiros), através da sua formação contínua e da sua sensibilização para o compromisso com a Qualidade, Segurança e Ambiente da Arriva;

O Grupo Arriva – Breve olhar sobre a Arriva na Europa

A Arriva é um dos maiores operadores de transporte de passageiros na Europa, onde trabalham mais de 55.000 colaboradores, transportando mais de 2.2 biliões de passageiros por ano em 14 países.

 

 

Opera uma gama diversificada de serviços, incluindo Serviços Urbanos e Inter-urbanos em autocarros, expressos, comboios locais, regionais e nacionais, DRTs, serviços de transporte de doentes, aquáticos (Water Bus), suporte a serviços de aeroporto, entre outros.

 

 

É parte integrante do Grupo Alemão Deutsche Bahn desde 2010 ficando responsável pelo desenvolvimento dos serviços de transporte de passageiros fora da Alemanha.

A Deutsche Bahn AG, a empresa-mãe, está sediada em Berlim e foi fundada em 1994. Actualmente é uma das maiores empresas mundiais no mercado da Mobilidade e Logística, operando em mais de 130 países e empregando cerca de 300.000 colaboradores.

História e crescimento do Grupo Arriva

Na base da nossa empresa estão as pessoas e a sua experiência. As nossas raízes são bem sólidas e datam de 1938 – uma magnífica história no tempo. Temos toda a legitimidade para nos sentirmos orgulhosos com o sucesso alcançado pela nossa empresa e pela forma como as pessoas contribuem diariamente para o seu desenvolvimento.

O crescimento da Arriva resultou de processos de aquisição, adjudicação de contratos e de um desenvolvimento orgânico, desde a sua fundação em 1938, passando pela entrada no mercado europeu, nos finais da década de 90, até aos dias de hoje.

 

 

As origens

A sede da Arriva está situada em Sunderland, Reino Unido.

Em 1938, a família Cowie abriu uma loja de motociclos em segunda mão em Sunderland. Esse foi o primeiro empreendimento de uma empresa que cresceu até atingir o estatuto de empresa internacional com negócios por toda a Europa.

Em 1960 a empresa, ainda sob a designação de Cowie, mudou de actividade para a venda a retalho automóvel no Reino Unido. Em 1965, tornou-se numa sociedade anónima cotada na Bolsa de Valores de Londres e em 1980 iniciou a sua campanha para a aquisição de empresas de autocarros, com a compra da Grey-Green Coaches em Londres. Nos anos seguintes, registaram-se outras aquisições de empresas de autocarros, a maior delas – o British Bus Group plc – em 1996 que tornou a empresa no maior operador de autocarros no Reino Unido.

Em 1997, o Grupo Cowie alterou a sua designação para Arriva, juntando sob um mesmo nome a experiência de várias empresas. Nesse mesmo ano a Arriva adquiriu a sua primeira empresa na Europa continental.

Esta cronologia transporta-o por todo o processo de crescimento da Arriva, pormenorizando as suas várias aquisições, a adjudicação de contratos e os principais acontecimentos.

Em Agosto de 2010, a Arriva foi adquirida pela Deutsche Bahn, um dos principais líderes mundiais em termos de serviços de passageiros e logística, que emprega 300 000 funcionários em 130 países.

 

Dados históricos

1980

Entrada no mercado de autocarros britânico com a aquisição da Grey-Green Coaches de Londres.

1991

A empresa expande-se para o sector do aluguer de veículos no Reino Unido. A divisão de aluguer de veículos é vendida 15 anos mais tarde, em 2006, quando a Arriva realiza o seu fundamental reposicionamento para se concentrar nos mercados do transporte de passageiros no Reino Unido e no continente europeu.

1996

Entre as aquisições de empresas de autocarros destaca-se o British Bus Group no Reino Unido.

1997

A Arriva entra no mercado dos transportes europeu com a aquisição da Unibus Holdings na Dinamarca, que também exerce a sua actividade na Suécia.

Apresentação da designação “Arriva”, reunindo mais de 140 nomes de marcas de transportes.

1998

A Arriva procede à aquisição da Vancom Nederland eda Veonn & Hanze nos Países Baixos, transformando a Arriva no maior operador de serviços de autocarros de turismo interurbanos e suburbanos.

1999

A Arriva expande as suas operações na Dinamarca com a aquisição da Bus Danmark. Adquire igualmente duas empresas de autocarros na Galiza, a noroeste de Espanha: Mercancias Ideal Gallego e Transportes Finisterre.

A empresa inicia a sua actividade de prestação de serviços de autocarros e comboios em Friesland, no âmbito de uma joint venture, e serviços de comboios em Groningen (assumindo o controlo total em 2003).

A Arriva anuncia o seu reposicionamento com o objectivo de se dedicar ao transporte de passageiros no Reino Unido e na Europa continental. Assim, as actividades do grupo ligadas ao aluguer de longa duração, venda a retalho de veículos e aluguer de veículos são alienadas.

2000

Entra no mercado português dos serviços de autocarros com a aquisição das empresas de autocarros João Carlos Soares & Filhos, Viação Costa & Lino, Ami-Transportes e Abílio da Costa Moreira, a noroeste de Portugal.

2001

A Arriva adquire a Combus, o maior operador de autocarros dinamarquês.

2002

A Arriva adquire a Autocares Mallorca SL e a Donate Amenguel Ramis SL de Maiorca.

Adquire uma participação de 51% na Transportes Sul do Tejo, o maior operador de serviços de autocarros de turismo e autocarros regulares a sul de Lisboa, Portugal (atingindo os 100% em 2003).

A Arriva passa a ser o maior operador de autocarros do sector privado em Itália com a aquisição da SAB Autoservizi, que exerce a sua actividade a este de Milão, em especial na região da Lombardia, norte de Itália.

2003

A Arriva conclui o processo de aquisição da Transportes Sul do Tejo com a compra da restante participação de 49% do Grupo Barraqueiro (51 por cento foram adquiridos em 2002).

A Arriva passa a ter o controlo completo sobre a joint venture de serviços de autocarros/comboios nos Países Baixos, alterando a sua designação para Arriva Openbaar Vervoer NL.

Nos Países Baixos, a Arriva consegue um contrato para operação de serviços de transportes públicos na cidade e província de Groningen e na província de Drenthe (até Dezembro de 2009).

Na qualidade de primeira empresa privada a ganhar concessões para a exploração de serviços de comboios de passageiros na Dinamarca, a Arriva inicia o processo de exploração das franquias de oito anos no centro e norte da Jutlândia.

A Arriva inicia a exploração da nova franquia de serviços de comboios de passageiros por um período de 15 anos, servindo Gales e além fronteiras – Arriva Trains Wales/Trenau Arriva Cymru.

A divisão da venda a retalho de veículos motorizados é vendida no âmbito da estratégia da Arriva que passa a estar focada apenas nos mercados do transporte de passageiros no Reino Unido e na Europa continental.

2004

A Arriva chega ao mercado dos transportes públicos na Alemanha com a aquisição do Prignitzer Eisenbahn Gruppe. Adquire uma participação de 76,9% (atingindo os 100% em 2006) na Regentalbahn AG na região da Bavária, que presta serviços de comboios na Bavária, Turíngia e Saxónia.

A Arriva aumenta a sua quota no mercado dos transportes públicos em Itália com a aquisição de 49% da Società Autoservizi, F.V.G S.p.a (atingindo posteriormente os 60%).

A Arriva adquire a Wulff Bus A/S, um operador de autocarros dinamarquês que se enquadra geograficamente com a actividade já existente na Jutlândia e em Copenhaga. A Arriva passa a ser o maior operador de autocarros em Copenhaga com uma quota de 40% do mercado.

2005

A Arriva entra no mercado de autocarros alemão com a aquisição do Sippel Group, um dos maiores operadores de autocarros de capitais privados do país. A Arriva adquire a Blue Bus e a Coaches of Bolton no Reino Unido, alargando a sua presença a Bolton e região de Manchester.

A Arriva adquire uma participação de 80% do operador de autocarros italiano SADEM, que exerce a sua actividade em Piemonte e Valle d’Aosta, ficando em aberto a opção de compra dos restantes 20% em 2008 (concluído em 2008).

A Arriva anuncia a adjudicação do contrato para a exploração dos serviços de comboios na Bavária, a sul da Alemanha, entre Munique, Hof e Furth im Wald, por um período de dez anos, a contar de Dezembro de 2007.

Foi-lhe ainda adjudicado um contrato de 15 anos para a exploração em exclusivo dos serviços de comboios regionais em Friesland e Groningen, Países Baixos; e um contrato de seis anos para a exploração dos serviços de autocarros em Waterland, a norte de Amesterdão.

A Arriva aumenta a sua participação na Società Autoservizi F.V.G S. p. a. de 49 por cento (adquiridos em 2004) para 60 por cento.

2006

A Arriva adquire a Premier Buses, exercendo a sua actividade sob a designação MK Metro Ltd, de Milton Keynes, Reino Unido.

Adquire o operador de autocarros alemão Verkehrsbetriebe Bils KG, que exerce a sua actividade em Münsterland.
A Arriva adquire uma participação de 21,5% do Grupo Barraqueiro SGPS SA de Portugal, o principal operador de transportes de passageiros português (aumentado para 31,5 por cento em 2008).

A Arriva entra no mercado dos autocarros checo através da aquisição da Transcentrum Bus s.r.o, que exerce a sua actividade a norte de Praga.

A Arriva entra no mercado ferroviário sueco através de um contrato de nove anos para a exploração dos serviços de comboios regionais de Pågatåg, na região de Skåne, a sul da Suécia (2007).

Foi-lhe adjudicado um contrato de 12 anos para a exploração dos serviços de autocarros e comboios nos Países Baixos, entre Dordrecht e Geldermalsen.

Na Alemanha, ganha ainda um contrato de 10 anos para a exploração de serviços de comboios entre Munique, Oberstdorf e Lindau (2007) e um contrato de 12 anos para serviços de comboios entre Freilassing e Berchtesgaden na Bavária (2009).

A Arriva ganha o contrato para a aquisição de 80% do operador de autocarros Neiβeverkehr GmbH, a nordeste da Alemanha (2007).

A Arriva conclui o seu reposicionamento fundamental com a alienação da sua empresa de aluguer de veículos no Reino Unido.

A Arriva adquire uma participação de 35 por cento na Trieste Trasporti de Itália, que aumenta para 40 por cento em 2007.

A Arriva aumenta a sua participação na Regentalbahn AG da Alemanha de 76,9 por cento (adquiridos em 2004) para 100 por cento.

2007

A Arriva compra os operadores de autocarros espanhóis Esfera e Autocares Fray Escoba que circulam em Madrid.

A Arriva reforça a sua posição na República Checa com a aquisição das empresas Bosak Bus s.r.o. e Osnado Spol s.r.o.

A Arriva adquire uma participação maioritária na Osthannoversche Eisenbahnen AG, uma empresa ferroviária e rodoviária que exerce a sua actividade na Baixa Saxónia.

É adjudicada à Arriva a concessão para a exploração ferroviária de CrossCountry no Reino Unido.

A Arriva entra no mercado ferroviário sueco.

A Arriva e a PCC Rail, seus associados numa joint venture, ganham um contrato de 3 anos para a exploração dos serviços de comboios em Kujawsko-Pomorskie Voidvodship, noroeste da Polónia. Em 2010, a Arriva adquire a participação da parceira e a empresa passa a ser detida integralmente pela Arriva.

A Arriva entra numa joint venture com o Grupo Ferrovie Nord Milano e conclui o processo de aquisição de 49% do operador de autocarros italiano SPT Linea.

A Arriva adquire a Veolia Scandinavia, o segundo maior operador de autocarros dinamarquês.

A Arriva consegue um contrato para operação de autocarros em Estocolmo, com início em 2009.

A Arriva começa a operar dois novos contratos de serviços ferroviários, com a duração de 10 anos, na Baviera, Alemanha, através da Regentalbahn.

A Arriva consegue um contrato para 80 por cento do operador de autocarros Neisseverkehr GmbH, no nordeste da Alemanha (conseguido em 2006).

2008

A Arriva começa a operar o contrato de serviços de autocarros Hoeksche Waard e Goeree Overflakkee no sul de Roterdão.

A Arriva aumentou as suas acções no Grupo Português Barraqueiro para 31,5% (21,5 por cento adquiridos em 2006).

A Arriva aumentou as suas acções na SAIA Trasporti sediada em Brescia, Itália, para 100%.

A Arriva adquiriu a Tellings Golden Miller do Reino Unido, operador de transportes de passageiros nas áreas de aterragem e descolagem dos aeroportos.

A Arriva adquire as transportadoras espanholas Empresa de Blas y Cia S.L., bem como as suas subsidiárias, cujos autocarros operam em e nos arredores de Madrid.

A Arriva adquiriu 80 por cento da Interbus Invest, a holding da Eurobus Invest, o maior operador privado de autocarros na Hungria, e que opera serviços de autocarro na Hungria e na Eslováquia. Adquire os restantes 20 por cento em 2009.

A Arriva expande a sua presença em Brandenburg através da aquisição da Sudbrandeburger Nahverkehrs (SBN). A SBN opera serviços de autocarros na região de Oberspreewald-Lausitz.

Em Outubro de 2008, a Arriva adquire os restantes 20 por cento da empresa de autocarros SADEM S.p.A e da subsidiária Sapav S.p.A na região de Piemonte em Itália, detendo integralmente a empresa.

Na Suécia, é adjudicado o contrato ferroviário Göteborg-Örebo à Arriva, com início em 2009.

2009

A Arriva ganha o concurso rodoviário e ferroviário Achterhoek Rivierenland em Gelderland, Países Baixos. As operações rodoviárias começam em 2010 e as operações ferroviárias em 2012.

A Arriva adquire os restantes 20 por cento da Interbus Invest, a holding da Eurobus Invest da Hungria, e que opera serviços de autocarro na Hungria e na Eslováquia.

A Arriva recupera o contrato de serviços ferroviários de Jutlândia para um período de mais oito anos, a iniciar em 2010.

A Arriva consegue um contrato de 8 anos para operação de 65 autocarros na região de Halland no sul da Suécia a partir de Junho de 2010.

A Arriva torna-se o primeiro operador do sector privado a penetrar o mercado de Estocolmo em 10 anos, quando começa a operar 164 autocarros na capital sueca.

A Arriva expande as suas operações ferroviárias na Suécia com um novo contrato de operação entre Göteborg e Örebo.

A Arriva inicia um contrato de 12 anos que disponibiliza serviços ferroviários entre Frielassing e Berchtesgaden na Baviera, Alemanha.

2010

A Arriva adquire a participação de 50 por cento do seu parceiro de joint venture na Arriva PCC. A empresa ferroviária polaca, cuja designação foi alterada para Arriva RP, é agora integralmente detida pela Arriva.

No âmbito de um consórcio que inclui o Grupo Barraqueiro, a Arriva consegue um contrato de cinco anos para operação e manutenção do Metro do Porto, a rede de metro de superfície da cidade do Porto, a partir de Abril de 2010 (Portugal).

Em Agosto, a Arriva é adquirida pela Deutsche Bahn, um dos principais líderes mundiais em termos de serviços de passageiros e logística, que emprega 220 000 funcionários em 130 países.

Como parte de um consórcio, a Arriva ganhou um contrato de 10 anos para operar serviços de autocarros em Malta e Gozo, a partir de Julho de 2011.

A Arriva ganhou um contrato ferroviário regional de 10 anos na região de Kujawsko Pomorskie, na Polónia. O contrato alarga as operações da Arriva durante os últimos três anos na Polónia e aumenta o número de quilómetros operados por ano em até 15 por cento.

Comments are closed.